quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Implante anticoncepcional

Esta semana fez dois meses que coloquei o implante anticoncepcional no braço, e posso dizer que foi a melhor coisa que podia ter feito. É um descanso. Não há esquecimentos, e não há vómitos nem diarreias que cortem o efeito. E só tenho de o substituir daqui a três anos.

Ao início tive algum receio de optar por esse método, pela forma de introdução no braço. 
Mas andei mais de dez anos a tomar anticoncepcional, dos mais fortes, e já estava cansada de ser bombardeada com tantos hormónios. Achei que com 31 anos já estava na altura de procurar por um método contraceptivo menos agressivo.

Quanto à dor de introdução no braço, não senti praticamente nada. O braço foi anestesiado no local aonde introduziram o implante, e apenas senti uma pequena dor, por segundos, no fim de pressionarem, mas foi muito rápido. Fiquei com um hematoma grande no braço, o que a enfermeira disse não ser normal, mas como tenho problemas de circulação sanguínea não estranhei, pois qualquer pequeno impacto na minha pele por mais subtil deixa-me sempre algum hematoma.

Nas primeiras duas semanas ainda sentia o implante no braço, mas já não sinto absolutamente nada e nem me lembro que o tenho. Tanto não lembro que por vezes penso que esqueci de tomar a pílula, só depois me recordo que afinal já não é preciso. 

Eu recomendo, vale a pena!