segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Passadiços do Paiva - O que deve saber antes de efetuar o percurso!


Depois de postar as fotos do incêndio nos Passadiços do Paiva 
há que postar as fotos que consegui tirar antes do susto...

o que deve visitar em portugal

Quem tenciona visitar os Passadiços do Paiva deve acessar o portal "www.passadicosdopaiva.pt" 
para efetuar a reserva que tem o custo de apenas €1. A reserva é somente uma forma de controlar o número de pessoas que visitam diariamente o Passadiço, devido ao facto de que em 2015, apenas em 2 meses o local foi visitado por mais de 200 mil pessoas. 

O número de visitantes poderia ter sido bastante superior, isto porque o Passadiço foi inaugurado em Junho de 2015 e dois meses depois foi interdito devido a um incêndio que danificou parte do percurso, tendo sido reaberto apenas em Fevereiro deste ano, que por sua vez encontra-se novamente encerrado pelo mesmo motivo. 

No portal do Passadiço há uma série de perguntas e respostas que visam esclarecer os pontos mais relevantes a saber para efetuar a visita, pelo que pretendo apenas acrescentar informação adicional e não ser redundante, como diversos outros sites.



o que deve visitar em portugal

1º conselho 
Levem ténis de corrida, com melhor conforto possível. O site alerta para não 
levar calçado de praia, mas não chega, acreditem! Vi pessoas com ténis tipo all star 
ou com calçados abertos e não sei como tinham os pés quando acabaram o percurso, 
mas eu que tinha ténis super confortáveis não deixei de sentir alguma dor nos 
pés ao fim de alguns quilómetros.

o que deve visitar em portugal

2º conselho 
Se iniciar o percurso pela Espiunca, existe uma praia fluvial da qual pode desfrutar 
e na outra extremidade - Areinho, apesar de não haver areia, as pedras não impedem 
que dê um mergulho. Há portanto que lembrar do fato de banho e se não quiser ocupar 
espaço na mochila com uma toalha de praia, ao menos um pareo, que é leve e já serve 
para se esticar um pouco na areia ou secar os pés antes de voltar a calçar-se.

o que deve visitar em portugal

3º conselho 
Há um café em cada uma das extremidades e também um pequeno quiosque tanto no 
portão aonde tem de apresentar os bilhetes como a meio do percurso, por isso não precisa 
ter receio de que a água que leva seja insuficiente, visto que pode sempre reabastecer-se.

o que deve visitar em portugal

4º conselho 
O site sugere que o percurso seja inciado pela Espiunca para quem pretende fazer o 
percurso de ida e volta a pé. Foi por onde iniciei o percurso mas em ambos os sentidos 
há subidas, aliás logo ao início tem uma grande escadaria até chegar ao portão em que 
tem de mostrar os bilhetes. Por isso, sinceramente, acho que não há grande diferença. 

o que deve visitar em portugal

5º conselho 
É um percurso repleto de sombras mas fazer algumas subidas ao sol não é fácil, 
levar um boné dá jeito. E iniciar o percurso logo pela manhã, também. Eu iniciei às 11h e 
já foi um pouco tarde. Até mesmo por causa dos incêndios que sistematicamente 
ocorrem no Verão o bom é efetuar-se a visita em Junho, quando o clima está mais ameno. 
Ou quem sabe até mesmo no Inverno, mas claro convém verificar se o Passadiço já 
reabriu nessa altura, pois já é o segundo ano consecutivo que, devido aos incêndios, 
o percurso é encerrado para a sua devida recuperação.


o que deve visitar em portugal

6º conselho 
A ponte suspensa não precisa ser atravessada de todo, isto porque o percurso 
termina nessa zona e a ponte não dá acesso a absolutamente nada.

percurso Passadiços do Paiva

7º conselho 
Se terminar o percurso na Espiunca e não quiser retornar à praia 
fluvial, pode seguir um atalho pela direita logo à saída do portão, 
basta perguntar ao segurança. O atalho leva até ao estacionamento, 
através de um percurso de 500 metros. Se decidir seguir 
até à Espiunca são cerca de 3 quilómetros até lá chegar.

o que deve conhecer em portugal

O som da natureza é renovador. Se gosta de estar em contato com a natureza este é um percurso que não pode deixar de fazer. 

A nível de hospedagem Arouca não possui muitas opções e se efetuar a reserva em pleno Verão ainda mais complicado é arranjar estadia a bom preço, portanto se quiser permanecer no norte e poder descansar antes de seguir novo rumo, o ideal é fazer reserva com antecedência ou então ficar noutra cidade. 

No meu caso, acabei por reservar hotel em Ovar que fica apenas a 50 quilómetros de distância de Arouca - Hotel Meia Lua - bastante simpático e próximo à praia do Furadouro.