segunda-feira, 10 de julho de 2017

terça-feira, 16 de maio de 2017

Vencedor do Festival da Canção. O culpado é Salvador!

O fim do semestre na faculdade tem me retirado a disponibilidade para escrever,
mas hoje já não consigo mais conter-me.

O culpado é Salvador...

Para quem não conhece este jovem, chama-se Salvador Sobral e ganhou esta semana o 
Festival Eurovisão da Canção 2017 - festival europeu. A composição da letra é da autoria de 
Luísa Sobral, irmã e também cantora. 




Estou rendida, toda a minha alma latino-lusitana.


A interpretação de Salvador é simplesmente divinal. Toda a sua alma é música. Arte pura! 
Alma pura! Salvador nunca mais será o mesmo. Nós, nunca mais seremos os mesmos. 
Sua forma de cantar transcende a sua própria alma, talvez nem ele se dê conta, tamanha a 
sua simplicidade.

Amo Caetano Veloso, Chico Buarque... Para mim, Salvador está ao mesmo nível e traz algo
 para lá do que possamos explicar! Estou rendida, toda a minha alma latino-lusitana.




Adorei o acústico... divinal também!




Um poema de Fernando Pessoa...


A humanidade de cada um de nós está para lá da imagem!


Muitas foram as pessoas que teceram críticas pela sua imagem, o que me irrita profundamente.
Que as pessoas continuem a julgar pelas aparências. Que tudo se resuma simplesmente a
isso em nossa sociedade. Imagem. A humanidade de cada um de nós está para lá disso.

Salvador possui um problema no coração e precisa de um transplante, motivo pelo qual usa
camisas largas para que não se veja o aparelho que ele tem de utilizar. E ao contrário de muitos
 não se vitimiza. Quer ser reconhecido pelo músico que é e não pelo seu problema de saúde. 

Admiro a sua postura, completamente alheio às críticas. Completamente alheio ao mundo.
Submerso apenas no que lhe dá prazer na vida. A música.




Esta música penso que é de um compositor brasileiro. Alguém me confirma?

quarta-feira, 19 de abril de 2017

6 Formas inusitadas para decorar com plantas



Porque adoro plantas e viver num apartamento não pode ser desculpa para não
ter um ambiente mais verde em casa, resolvi mostrar seis opções diferentes e ao alcance 
de qualquer pessoa e de qualquer carteira.

Para além de trazer algum frescor para dentro de casa é importante lembrar que 
as plantas também contribuem para renovar o ar.




As plantas suspensas estão super na moda. 
E eu particularmente acho um pequeno charme.
É uma forma de dar vida a um recanto sombrio ou sem graça.

Esta combinação de planta e lâmpada suspensa está muito inusitada e trás conforto ao espaço. 
Estou a pensar fazer na minha cozinha, em cima da bancada que criei.








Também não há nada como trazer o jardim para dentro de casa.

E morar em apartamento não pode servir de desculpa para vivermos longe dos 

elementos - Água e Terra - que nos conectam de alguma forma à natureza. 





Frascos de vidro até mesmo reutilizáveis como já mostrei aqui em outros 
posts também são uma excelente opção.




Este ovo dá um efeito fantástico à planta.

E é simples de fazer, basta um balão e um pouco de cimento.




Outra opção que dá muito charme é usar um utensílio velho 
que possa servir como vaso.

O bom é que agora o que é velho é vintage ou rústico :-)


Gostaram? 💗

segunda-feira, 27 de março de 2017

Informe-se das leis antes de se conformar com uma má notícia



        Todos nós sabemos que a ausência de conhecimento de uma lei não nos confere nenhum direito ao seu incumprimento. E todos nós achamos que os órgãos públicos respeitam as leis e que se existir algo que possamos fazer em determinada situação, essa informação nos será facultada. Infelizmente não.

O post de hoje é  sobre duas situações muito sérias que me ocorreram na semana passada e que servem de alerta. Ocorreram em Portugal e por isso têm a ver com a legislação portuguesa mas penso que poderia ter ocorrido em qualquer país porque, infelizmente, as leis estão apenas ao alcance de quem consegue interpretá-las e de quem desconfia e vai atrás.

E o meu grande alerta é este: desconfie de tudo, ainda que receba notificações de órgãos públicos a indeferir um pedido seu, seja qual for o assunto, consulte os Decretos-Lei, investigue. Nem sempre as coisas são como parecem ser. E, na maior parte das vezes, você pode sair prejudicado quando a lei até está a seu favor.


 No Centro de Emprego


       Recebi uma notificação para apresentar-me no Centro de Emprego e atribuíram-me três propostas de trabalho a que eu era obrigada a responder, sob pena de o meu subsídio de desemprego ser cancelado.
Quando vi os ordenados propostos entrei em choque, salários mínimos. Passado o estado de choque veio o inconformismo. Não me podiam obrigar a trabalhar por qualquer valor. Ninguém paga as minhas contas. Não peço dinheiro a ninguém. E julgo que ninguém me pode obrigar a trabalhar por um ordenado qualquer, quando só eu sei quanto preciso receber para fazer face às minhas despesas.

Resolvi consultar os Decretos-Lei mencionados no documento e para meu espanto, a lei estava a meu favor. A legislação define que o salário proposto, neste tipo de situações, deve ser superior ao valor do subsídio de desemprego em 25%, dentro dos primeiros seis meses, e a partir do sétimo mês, deve ser superior em 10%.

Retornei ao IEFP para indicar que as propostas não estavam de acordo com a legislação e, foi exatamente e apenas isto que disse e o funcionário pediu os documentos, cancelou as ofertas de emprego que me tinham sido associadas e não proferiu absolutamente nada.

O que me deu a parecer é que isto é efetuado com plena consciência da instituição e dos seus colaboradores. Se passar passou. Se não passar, o melhor é cancelar antes que sejam alvos de alguma reclamação.


Na Segurança Social


          Há pouco tempo, por estar desempregada, solicitei apoio jurídico para uma situação que preciso tratar. Passados mais de 30 dias a resposta ainda não me foi facultada e entretanto recebi uma notificação do Tribunal para dar resposta em 10 dias. Sem ter advogado que me possa tratar do assunto e para não incorrer no prazo judicial, resolvi enviar uma cópia do pedido de apoio jurídico que efetuei, ao Tribunal, solicitando indicações se o prazo se suspenderia. A resposta chegou cedo, o prazo de resposta mantinha-se. Inconformada, resolvi consultar algumas legislações e o que descobri foi também bastante interessante. 

A ausência de resposta por parte da Segurança Social quando superior a 30 dias dá direito a deferimento tácito (Art. 25º, nº2 da LADT), o que significa que o apoio jurídico terá obrigatoriamente de ser concedido. Ocorre contudo, que pese embora passe muito tempo, a Segurança Social pode notificar indeferimento, ou seja, não aceitação. Todavia, cabe a nós cidadãos invocar a lei e o artigo em questão, sob pena de o indeferimento ser definitivamente aceite. 

Outra questão importante é que nestas situações de atraso de respostas por parte da Segurança Social, e havendo pendências judiciais, o Tribunal deve solicitar à Ordem dos Advogados a nomeação do patrono, ou seja do advogado. Contudo, ao que parece, se não invocarmos as leis e os artigos os nossos direitos não são efetivamente constituidos. Nesta situação ainda estou a aguardar resposta.

Deixo-vos um link para consulta dos artigos pertinentes nesta matéria de apoio jurídico e deferimento tácito, texto excelente da Ordem dos Advogados: https://www.oa.pt:6443
Para questões relacionadas ao IEFP, podem consultar os Decretos-lei no site da ACT  (Autoridade para as Condições do Trabalho).

segunda-feira, 20 de março de 2017

Panqueca de cenoura | rápido e saudável


Quem me segue aqui no blog sabe que eu não gosto de ficar presa à quantidade dos ingredientes, é tudo de olho. E dá sempre certo. É uma questão de vermos o ponto certo. A consistência.

Para mim as receitas têm de ser práticas, rápidas e saudáveis. Não gosto de ficar muito tempo presa à cozinha. Tem de ser pa-pum. Está feito. 😏

Assim a quantidade vai depender de quantas panquecas você vai querer fazer, do tamanho, espessura, etc. Eu fiz bem espessa porque basicamente foi o meu jantar, então tinha de ser uma quantidade generosa para me sustentar.



O que vai precisar:

Cenouras 
Farinha
Ovos

Recheie a gosto
Com o que houver!


Como fazer:


Basicamente é descascar as cenouras e colocar no triturador, acrescentar os ovos 
e a farinha e temperar com sal. Eu fiz duas panquecas assim espessas então coloquei 2 ovos.

Guie-se pela consistência, não deve ficar líquida nem consistente demais, 
portanto vá acrescentando a farinha e os ovos até dar "liga"

Para o recheio usei apenas uma lata de atum, refoguei com alho, cebola e salsa.
Para a próxima ao invés de usar farinha vou colocar queijo ralado,
como não tinha na hora teve de ser assim, mas acho que o queijo deve dar "liga" e 
é bem mais saudável 💗


sexta-feira, 10 de março de 2017

Pintura de frascos de vidro - Tinta acrílica ou spray?

arranjo de flor rosa


Depois de algumas experiências na reciclagem de frascos de vidro e de 
ver as diferenças de efeito e de acabamento resolvi fazer este post.

Já vi tutoriais mostrando a pintura de frascos de vidro com tinta 
acrílica e pelas imagens o efeito parece sempre bonito.
Só que não!

A foto de cima foi uma reciclagem de um frasco de conserva
 que pintei com tinta acrílica. E, à primeira vista parece muito giro.
Mas vê as fotos abaixo...


pintar com tinta acrílica ou spray

Esta foi a tinta acrílica que usei...



Uma foto bem aproximada e podem ver como fica a pintura...
Nem parece que levou várias demãos, pelo menos umas 4.

É muito complicado pintar vidro com tinta acrílica porque é difícil 
conseguir uma cobertura completa.

Um pena porque é uma tinta à base de água e sem cheiro mas
prefiro o efeito com tinta spray, como podem ver mais abaixo outros
frascos que pintei...






Como a tinta deu um ar rústico, resolvi aplicar essas pedrinhas.
Já cá tinha em casa, comprei numa loja do chinês e é vendido ao metro.
É bastante maleável e fácil cortar.
Colei com cola universal, porque a cola quente não aderiu ao vidro.


flor artificial rosa




pintura de vidro com tinta spray


Estes foram os frascos que pintei com tinta spray e gosto muito 
mais do efeito. Fica completamente lisinha a superfície do vidro.
Nem parecem frascos reciclados.


vasos preto e brancos


A tinta spray deve ser utilizada num ambiente ventilado.
Essa é a única dificuldade para quem mora em apartamento como eu.
A tinta é bastante tóxica e custa a dissipar o cheiro,
por isso é preciso ter algum cuidado.

Mas o resultado vale a pena.
Não acham?

segunda-feira, 6 de março de 2017

Como controlar os pensamentos



     Como seria bom se tivéssemos interruptores conectados ao nosso corpo, com os quais pudéssemos desligar, automaticamente, os nossos pensamentos e as nossas emoções. Nem que, só de vez em quando. Que pudéssemos sintonizar melhor a nossa frequência, nos puxarmos um pouco mais "para cima". Nos equilibrarmos. Nos retirarmos da inércia. Diminuirmos os ruídos da nossa mente.

Infelizmente, esses interruptores automáticos não existem, mas temos comandos internos que nunca nos ensinaram a utilizar. E, que alguns, ao contrário,  nunca precisaram ser ensinados e dominam como ninguém. Acredito que essa seja a grande diferença, entre pessoas que desenvolvem dificuldades em gerir seus pensamentos e emoções e as que sabem gerir isso como ninguém e que nunca desenvolvem depressões.

Parece absurdo, mas a maior parte de nós ainda não trilhou esse percurso de auto-conhecimento e nem sabe se ele fica para norte ou para sul. Ou, sequer se ele existe. A maior parte de nós procura respostas fora de si, quando é tão simples olhar para dentro.

Mas afinal, a que nos conduz esse caminho de "auto-conhecimento"? É simples, conduz-nos apenas a vivermos em equilíbrio e a descobrirmos quem somos. Mas para lá chegarmos, existe todo um processo, justamente de auto-conhecimento e de auto-controlo. E, só são necessárias duas coisas, vontade e treino.

O passo mais importante neste percurso é aprender a controlar os pensamentos e é incrível como a maior parte de nós desconhece que essa capacidade está ao seu alcance. E por isso eu separei 4 técnicas que eu aprendi a aplicar e que hoje partilho.



Expresse o oposto do que a sua mente sugere



Todo pensamento emite uma frequência energética, que por sua vez, se ganhar a nossa credibilidade ganha força e transforma as nossa emoções para a mesma frequência. Então, a única forma de manter as nossas emoções equilibradas é controlando o que pensamos.

Para isso, sempre que você pensar por exemplo, “Eu não tenho mais forças”, você deve expressar mentalmente que "isso não é verdade" e dizer mentalmente a ideia oposta, como "Eu tenho muita força, sou capaz de ultrapassar isto".

Você não precisa acreditar no que diz, apenas contrarie mentalmente os pensamentos que você quer eliminar. O nosso cérebro não distingue entre o que é real e imaginário e com o tempo ele vai conceber o que você diz como uma verdade.




Crie expressões de bloqueio



Você também pode criar uma expressão que bloqueie esses pensamentos que você pretende contrariar. Eu uso muito “Puta que pariu” para que a frequência energética daquele pensamento perca força. E funciona, como funciona! Mas você pode criar a sua própria expressão, tem é que ter força. Imagine que o seu pior inimigo entrou na sua casa, o que você diria para ele? Trate seus pensamentos negativos da mesma forma. Domine-os. Mande-os embora.




Altere as emoções



Se as suas emoções estão desestabilizando você isso é sinal de que você não conseguiu controlar os seus pensamentos e eles alteraram a sua frequência vibratória. Assim, da mesma forma que você expressou mentalmente o oposto do que a sua mente o levou a pensar, expresse mentalmente o oposto das suas emoções. Quando se sentir desanimado, em baixo, para não se manter nessa mesma frequência vibratória, expresse mentalmente frases, expressões e até palavras que lhe tragam a frequência em que você quer vibrar. Por exemplo, se alguém o tira do sério, você pode mentalizar repetidamente a palavra “equilíbrio”, ou, se sentir que pessoas à sua volta podem não contribuir muito para o seu bem estar, diga “só quero qualidade à minha volta” e não se espante se algumas pessoas se levantarem e forem embora, porque isso pode mesmo acontecer.


Pratique!



Crie post-its com frases que te motivem, coloque um por exemplo na sua mesa de cabeceira, que diga “Hoje vai ser um grande dia”, para que quando acordar seja a primeira coisa que leia. Espalhe pela casa se puder, ou pelo quarto. “Eu sou capaz, eu quero, eu consigo”; “Eu supero tudo”. Coloque alguns post-its no bolso da sua calça ou do seu casaco. Sempre que sentir necessidade, leia, esteja onde estiver. Mais uma vez, você não precisa acreditar no que lê, você só tem que se habituar a pensar de uma forma positiva. Pratique!





sexta-feira, 3 de março de 2017

Reciclagem de Caixas com papel de parede



Definitivamente, forrar caixas com papel de parede é o melhor.
Maior resistência tanto na aplicação do papel, que não se rasga com facilidade,
como no manuseamento do dia-a-dia. E para além disso, é fácil limpar com um pano, 
dependendo do papel e desde que o pano esteja apenas ligeiramente húmido. 

***

Definitely, lining boxes with wall paper is the best.
Higher paper application strength, that doesn't rip easily, as well as
in the handling of boxes, day-to-day. And in addition, it is easy to clean, 
depending on paper resistance and only with a dust cloth, slightly moist.




O truque é aplicar lateralmente, para melhor acabamento.
Eu aplico com cola de papel de parede mas qualquer outra cola para papel servirá
No fundo, aplico um papel contact para dar maior durabilidade.

***

The trick is to apply laterally, for better finish.
I apply with wallpaper glue, but any other glue for paper will do. 
In the background I aplly contact paper to give greater durability 






Aproveitei um vestido branco que tinha, de malha, e que não usava por ser muito 
transparente. Retirei a parte das mangas e costurei como sendo um saco.

***

I took a knit white dress that I didn't use to be very transparent.
I removed the part of the sleeves and sewed like a bag.







Aproveitei também esta caixa de sapatos para arrumar as coisas da secretária 
da minha enteada. O processo foi o mesmo.

***

I also took this shoebox to pack up the desk of my stepdaughter.
The process was the same.



segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Bolachas de aveia e banana



Esta receita é super simples e mata a vontade de comer doces sem culpa :-)
Para além de ser ótimo carregar na mala para o caso de bater a fome e não termos
de comer o que houver no café...


O que vai precisar:


Bananas
Aveia em flocos
Ovos
Canela
Frutos vermelhos


Não gosto de fazer nada na cozinha presa a receitas e quantidades.
E fazer esta receita não tem nada que saber, é amassar quantas bananas desejar 
(eu fiz com 5), e misturar os flocos de aveia até tornar uma massa consistente
 e acrescentar 1 ovo e canela a gosto. 

Se fizer com mais bananas será bom colocar 2 ovos. Acrescente stevia ou açúcar
mascavo, vai depender do quão doce estiverem as suas bananas, experimente, para que 
não fique muito doce. Eu pelo menos fujo do excesso de açúcar.

Se gostar pode acrescentar por cima frutos vermelhos ou outra fruta a gosto, 
eu descongelei um pouco de frutos vermelhos que tinha em casa, que se vendem 
em saquinhos congelados.

Pode fazer numa forma e ao desenformar cortar em pequenos quadrados.
Ou então dispor sobre um tabuleiro em pequenos círculos, para assim parecerem bolachas.
Se não as fizer muito espessas ficam crocantes à volta,
caso contrário parecerão barrinhas de cereais, o que não fica nada mal :-)

Basta ir ao forno por pelo menos 20 minutos, mas claro também pode variar 
de forno para forno, por isso é só ir espreitando.



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Decoração com flores artificiais



Foi-se o tempo em que flores artificiais eram só para decorar os cemitérios ;-p

Tenho ficado encantada com flores artificiais tão perfeitas, que parecem verdadeiras.

***

It was the time when flowers were only to decorate the cemeteries :-p

I'm delighted with artificial flowers so perfect, that look so real.










Este tipo de flores são perfeitas para decorar espaços que não têm incidência de muita luz,
como por exemplo hall de entrada, corredor e casa de banho.

***

These type of flowers are perfect for decorating spaces that do not have a lot of light,
such as entrance hall, hallway and bathroom. 










Mesmo sendo artificiais, o que à primeira vista não se nota, dão frescura e 
alegria a qualquer ambiente.

***

Even being artificial, what at the first sight we don't think, they give freshness 
and joy to any enviroment. 




Até mesmo para oferecer como presente, ao invés das flores que mais tarde 
ou mais cedo irão murchar, um belo arranjo de flores artificiais
é com certeza uma ideia bastante original e que irá durar muito.

***

Even to offer as a gift, rather than the flowers that will sooner or later wither,
a beautiful arrangement of artificial flowers is certainly a very original idea and will 
last a long time. 





Em breve vou mostrar aqui no blog os arranjos de flores que fiz
com reaproveitamento de frascos de vidro como vasos.

***

Soon I will show here on the blog the flower arrangements I made
with reuse of glass bottles as vessels.




Follow me 💗

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Como vencer a depressão?


  

     O post de hoje é dedicado à depressão, tema que pretendo explorar mais aqui no blog, devido ao facto de ver cada vez mais pessoas que sofrem por anos a fio e, que com ou sem ajuda, não têm conseguido se livrar disso. 

Mas este post não é só para quem sofre com depressão, é também, para quem está a passar por uma fase mais estressante, mais conturbada ou cheia de problemas e sente dificuldades em gerir o turbilhão de emoções dentro de si. 

Os três passos que eu considero essenciais são técnicas que eu aprendi a aplicar na minha vida e que me transformaram profundamente como pessoa. Transformaram a minha forma de encarar a vida, as situações, os problemas e também a própria depressão.

Portanto, aquilo que vos quero transmitir não é a experiência de alguém da qual eu tenha ouvido falar, nem está em nenhum livro que eu tenha lido. É simplesmente a minha experiência pessoal. E por isso mesmo eu posso dizer que funciona. São práticas que eu mantenho até hoje e que têm feito a diferença também em outros setores da minha vida.

Vou abordar os três passos que eu considero essenciais e de futuro farei três posts individuais com técnicas que podem ser aplicadas e com cuidados a ter para que estes três processos sejam alcançados com êxito. Técnicas que eu apliquei e aplico até hoje. 




1º Passo


Aprenda a controlar os pensamentos


Estamos habituados a que os nossos pensamentos nos dominem desde sempre. Se você sente que tem auto-controlo suficiente sobre os seus pensamentos então você com certeza consegue ultrapassar as fases mais complicadas da sua vida com uma perna às costas. Parabéns! Infelizmente a maior parte dos comuns mortais como eu não nasceu com essa capacidade ou desaprendeu. Então ao invés de sermos nós a controlar o que queremos ou não pensar, são os nossos pensamentos que nos controlam, nos levando a um nível de stress altíssimo e a longo prazo a estados depressivos.

O que ocorre é que tudo à nossa volta emite uma frequência energética. Assim, são também os nossos pensamentos, que ao emitirem uma determinada frequência geram uma determinada emoção e essa emoção sendo negativa vai nos levando cada vez mais para baixo. O processo agrava-se quando a frequência deste tipo de episódios vai se intensificando e o nosso auto-controlo vai se tornando cada vez menos eficaz. 

Lembro-me que há uns anos atrás eu tinha o mau hábito de alimentar recordações do passado. Eu via fotografias antigas e lembrava o que a minha família tinha vivido, o que eu tinha sofrido, e revivia as mesmas emoções. Se eu não tivesse aprendido a controlar os meus pensamentos eu não teria conseguido sair daquela fase.

Vejo pessoas que foram medicadas para a depressão e que não aprendem a mudar hábitos como este, aprender a controlar o que pensam e como pensam e, que ao longo de dez anos de medicação continuam sofrendo. Então, este é um passo essencial. A maior parte da mudança que tem de ocorrer é interior e custa-me muito quando vejo pessoas que procuram respostas, soluções e curas, fora delas. O apoio terapêutico e a medicação podem ser essenciais para estabilizar quadros mais profundos de depressão mas sem uma mudança interior a busca pelo reequilíbrio pode ser muito longa ou sofrer vários retrocessos durante o percurso. E este para mim é um sinal muito forte de que algumas mudanças dentro de nós têm de ocorrer se quisermos viver em equilíbrio e essas mudanças só dependem de nós. 




2º Passo


Aumente o nível de consciência


A mente de uma pessoa com depressão ou tendencialmente depressiva é um pouco masoquista. Sentimo-nos mal e parece que gostamos. Mantemos hábitos que contribuem fatídicamente para nos sentirmos em baixo. Claro que isto ocorre com um nível de consciência muito baixo ou praticamente inexistente. 

Se alguém questionar uma pessoa depressiva do motivo que a faz manter hábitos que a entristecem, provavelmente ela vai entender que quem a questiona tem razão. Contudo, a verdade é que no momento em que as situações ocorrem esse nível de consciência não existe. Coisas que parecem simples de entender se tornam irrefletidas, levando a atitudes que só mantêm a pessoa "em baixo".

Eu por exemplo, adoro músicas tristes, melancólicas, Chorinho, MPB... Mas tenho plena consciência, hoje em dia, de que só escuto se estiver bem. Porque se estiver mal garantidamente só vou piorar a minha "vibe". Porque quando não estamos bem tudo nos afecta, não é verdade? Então porque cargas d'água vamos alimentar frequências menos boas? Mas antigamente eu era masoquista mesmo, uma masoquista inconsciente. Eu simplesmente não refletia sobre o que me fazia bem ou não. eu adorava ouvir este tipo de músicas quando estava "em baixo", e ouvia. 

Então, este é um passo essencial, identificar maus hábitos e aprender a eliminá-los. Sem esta reflexão não irá existir um nível de consciência mais alerta.





3º Passo


Pratique meditação. Mas não uma qualquer.


Praticar meditação deve ser um hábito para a vida. Confesso, que mesmo já tendo verificado os benefícios, quando me sinto ótima esqueço de fazer. Mas com a agitação do dia-a-dia, por vezes, o stress lá bate à minha porta, trazendo-me noites de não conseguir pregar o olho. Lá me lembro que não devia ter deixado de fazer meditação...

Eu considero, contudo, que meditação é algo muito pessoal. Portanto, que você tem que se identificar com a meditação que fizer ou então poderá ser pior a encomenda do que o soneto.

Uma pessoa que tem depressão não pode começar por um tipo de meditação que consiste apenas em concentrar-se na respiração ou na técnica de Mindfulness, por exemplo. E digo isto porque uma pessoa com depressão, só que lhe digam para fechar os olhos e respirar, a mente viaja em "batatinhas" e o mais provável é que a pessoa só chore. 

O que eu acho que tem uma eficácia tremenda são as chamadas "Meditações Guiadas" ou as "Afirmações Positivas". Isto porque uma pessoa com alto nível de stress ou com depressão tem dificuldades em pensar em coisas boas, tende apenas a refletir sobre o que lhe tem feito "mossa" e não no sentido de fazer uma mudança, mas apenas de alimentar o seu estado.

A "Meditação Guiada" obriga-nos a pensar apenas no que está sendo dito. E mesmo que inicialmente não faça qualquer sentido, face ao nosso interior, com o tempo o nosso cérebro assimila como sendo uma verdade. Isto porque o nosso cérebro não faz qualquer distinção entre realidade e imaginação ou ficção. Então, tudo o que você toma como um hábito o seu cérebro vai entender como uma verdade. Assim, ao praticar este tipo de meditação todos os dias, em um mês ou até menos, você já conseguirá sentir uma diferença enorme, no seu nível de confiança, na sua capacidade de superação, etc.


Mas atenção, eu considero que há cuidados a ter na escolha da meditação e que durante a procura da meditação você deve apenas ouvir sem assimilar. Mas num próximo post eu posso explicar quais os cuidados a ter em conta.




Se vocês se identificaram com os exemplos que eu dei, compartilhem as vossas experiências. Comentem se já tentaram estes três passos ou que vocês acham...

Fiquem bem💗

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Decoração do Hall de Entrada

Decorating entrance hall


Semana passada comecei por mostrar os meus cantinhos especiais cá de casa.
Hoje é dia de mostrar o Hall de entrada.




contadores da luz com papel de parede


Estes são os contadores da luz e da água.
Eram bastante desenxabidos como podem ver neste post com o
antes e o depois: https://www.blogger.com/obras

O papel de parede deu charme ❤


keep out


Comprei esta placa de metal há uns aninhos e não sabia onde colocar quando me 
mudei. Entretanto achei que este hall de entrada estava muito formal e precisava 
de algo para quebrar essa formalidade ;-p

Keep out the bad energy!



flores artificiais


Amei estas flores artificiais. Parecem verdadeiras à primeira vista, não?

Em breve vou fazer um post sobre flores artificiais. Fiquei rendida à variedade 
de arranjos que se podem fazer. E o melhor de tudo é que elas duram para 
sempre e dão vida ao ambiente tanto quanto as verdadeiras.


frasco de vidro com planta


Os frasquinhos fui eu que os pintei com tinta spray.
Antes estavam assim, um só para colocar os óculos 
quando chegamos a casa


bandeja com flores


Agora estão assim os meus vasinhos...

Com a bandeja que fiz de uma caixa de cartão e que também tem post dedicado
 aqui no blog » https://www.blogger.com/post «
 Estou a ponderar pintar um frasco mais alto por isso não cortei muito
o caule das flores...


cesto de vime pintado


Tenho estes cestos no móvel da entrada para colocar cartas que vamos recebendo
e também os medicamentos, pois gosto de os ter sempre à mão.
A nossa vida é sempre muito corrida ...




Ainda não pintei todos porque as tintas spray são muito fortes
e agora no inverno e sempre a chover não posso ir para a rua pintá-los.

Mas quando os comprei eram assim...Feinhos ;-p
Mas eram super baratos e davam um super jeitaço.
E não há nada que uma tinta spray não faça!




Aproveite as promoções e olhe para os objetos com a certeza de que se não gosta da cor 
pode sempre resolver isso. Comprar as coisas exatamente ao nosso gosto pode sair mais caro e 
em algumas situações podemos nem conseguir encontrar as coisas tal e qual como queremos. 
E personalizar os objetos faz com que eles sejam únicos e tenham a nossa cara.


Ainda há mais que vos quero mostrar...
Follow me ❤❤